Sempre dizemos aqui no StSo que uma ideia não vale nada. O que conta na verdade é sempre a EXECUÇÃO. Assim como eu e você, inúmeras pessoas têm várias ideias todos os dias, no entanto, nem todos colocam suas ideias em prática e acredite: para fazer com que isso aconteça, às vezes é necessário muito menos do que você imagina!

 

Comece agora mesmo!

 

Uma ideia é, antes de mais nada, uma hipótese que deve ser validada ou invalidada rapidamente.

 

O conceito por trás do Lean Startup e do Design Thinking nos remetem sempre à experimentação. Um produto é um experimento que pode ou não dar certo e ao contrário do que muitos pensam, é possível começar minimamente e fazer com sua ideia saia do papel e seja tangibilizada, a partir de um protótipo.

Por definição protótipo (prototypos), palavra derivada do grego Prótos que significa primeiro e Typos que significa tipos, pode ser entendido como o primeiro modelo, que está em fase de testes, estudo ou planejamento.

Imagine que você tem uma ideia (ou hipótese) e quer validá-la. O primeiro passo é validar o problema pesquisando com um ou mais grupos de pessoas para descobrir se: a) o problema é real; b) se é um problema frequente. A partir daí você descobrirá se a sua ideia vale a pena ser desenvolvida, ou seja, de de fato você irá investir tempo e dinheiro. O segundo passo então é o de validar a solução e para isso geralmente se desenvolve o mínimo produto viável (MVP), um dos tipos de protótipos mais conhecidos. Qualquer coisa tangível que permita explorar um ideia, avaliá-la e levá-la a diante é um protótipo.

 

Por que fazer um protótipo?

 

startup-sorocaba-o-poder-da-prototipagem

Startup Sorocaba: As vantagens de se desenvolver um protótipo vão muito além da otimização de tempo e recursos

 

As vantagens de se desenvolver um protótipo vão muito além da otimização de tempo e recursos (o que por si só já seria ótimo). Confira a seguir porque você deve se preocupar em ter um protótipo – e o quanto antes:

 

  • Valida ou invalida um problema ou solução;
  • Permite apresentar uma ideia do conceito da solução (proposta de valor);
  • Comprova se a sua solução é praticável, desejável e viável;
  • Permite receber feedback dos usuários e leva a um aprendizado acelerado;
  • Fideliza os potenciais clientes;
  • Garante uma entrega final mais próxima do que os clientes precisam e desejam;
  • Confere um estágio mais avançado no ciclo de vida de uma startup (item que geralmente é avaliado por investidores);

 

Por quanto tempo testar um protótipo?

 

É é uma das dúvidas mais comuns que recebemos aqui no StSo. Os protótipos devem consumir tempo, empenho e investimento necessários para gerar os feedbacks úteis e mais revelantes que você necessita naquele momento. Lembrem-se: quanto mais “completo” e quanto maior a complexidade e custo ao desenvolver um protótipo, menores são as chances de receber um feedback construtivo.

A meta da prototipagem não é criar um modelo funcional, mas sim dar forma a uma ideia para descobrir seus pontos fracos e fortes, direcionando a decisão de levar a ideia a diante ou não.

 

E você já tem um protótipo? Se ainda não, não deixe de ler os próximos posts aqui no Startup Sorocaba sobre protótipos de baixa e alta fidelidade e saiba como iniciar o seu.

 


E você, o que pensa sobre o assunto? Gostou do artigo? Compartilhe conosco sua opinião. Não gostou? Acha que podemos melhorar? Então nos ajude a aprimorar nosso trabalho.

Siga o Startup Sorocaba no Facebook e cadastre-se para receber nossa newsletter e para ser informado sobre todas as novidades.

Compartilhe: