Recentemente estivemos em um workshop exclusivo para managers da comunidade do Google Business Group (GBG), representando a comunidade do GBG Sorocaba, no escritório do Google em São Paulo, onde pudemos aprender um pouco mais sobre as técnicas de Growth Hacking, com Marcelo Pimenta.

Mas antes de falar sobre as técnicas que são indispensáveis para que você acelere o crescimento da sua startup (afinal, quem não deseja isso?), vamos a introdução do conceito, assim ficará mais fácil.

 

O que é Growth Hacking?

 

O termo growth hacking foi criado por Sean Ellis em 2010. Sean é o empreendedor responsável pelo crescimento de diversas startups, fazendo com que muitas tivessem inclusive crescimento recorde. Podemos fazer referência a ele como sinônimo de crescimento de usuários (e porque não, um dos primeiros queiridinhos do Vale do Silício, rs).

O growth hacking utiliza os principais recursos de uma startup como meio para alavancar o número de usuários. A exemplo disso temos a criatividade, agilidade, conhecimento e experimentação tecnológica. A mesma técnica pode e deve ser aplicada a negócios de qualquer porte, no entanto, se as empresas mais beneficiadas são aquelas que possuem processos lean, ou seja, que são ajustáveis rapidamente o que permite em termos gerais a otimização do tempo e de todos os demais recursos como o financeiro.

Então será que você é um growth hacker e ainda não percebeu?

 

O que é Growth Hacker? Você é um?

 

Atenção: vale iniciarmos esse post dizendo que felizmente existem hackers que utilizam seu tempo para adquirir conhecimento sobre determinado assunto (os demais indivíduos que utilizam o mesmo tempo para práticas criminosas são os crackers).

O termo amplamente explorado em outros celeiros tecnológicos agora começa a ganhar destaque e força aqui no Brasil também, trazendo a tona também um novo profissional: o growth hacker. Em poucas palavras podemos dizer que o Growth Hacker é aquele profissional que alavanca as métricas e as conversões de uma empresa.

startup-sorocaba-growth-hacking-users-for-social-networks

Startup Sorocaba: técnicas de growth hacking garantem mais usuários em menor tempo

 

Mas esse não é o papel esperado de um profissional de marketing ou de vendas?

Também. Mas hoje podemos dizer que cabe ao responsável pelo growth hacking integrar áreas como marketing, Vendas, Desenvolvimento de Produtos, Business Intelligence (BI) e Tecnologia. Se utilizadas isoladamente essas áreas também proporcionarão resultados à sua empresa ou startup, no entanto, podem ser combinadas potencializando suas ações e consequentemente as conversões. Logo estamos falando de aumento nas vendas e em escalabilidade e de um “cara” com as habilidades necessárias para fazer crescer sua startup de forma rápida e muito mais econômica.

O Growth Hacker é necessariamente um profissional curioso e analítico, portanto, se você tem mais de uma ferramenta analítica e é aficcionado(a) por métricas, você pode ser um deles. Além das famosas estratégias de marketing, sempre voltadas para o crescimento e/ou alavancagem dos negócios, o Growth Hacker busca e aposta em novas maneiras de aproveitar a facilidade da realidade online, do compartilhamento e de todos os demais benefícios dos meios digitais. 

 

growth-hacking-startup-sorocaba

Startup Sorocaba: você sabe o que é Growth Hacking?

 

Mas onde está a mágica?

Através do growth hacking a experiência do consumidor é elevada a outros níveis, quase sempre sendo marcada por escalas virais – o que reduz o custo por aquisição e aumenta seu valor ao longo do tempo diferente dos canais tradicionais de marketing.

Assim, podemos dizer que um Growth Hacker busca compreender o comportamento online do consumidor e utiliza esse conhecimento juntamente com outras técnicas para impulsionar as vendas. 

 

Acelere o Crescimento da Sua Startup

 

Uma das perguntas mais importantes que um Growth Hacker deve fazer é: qual o impacto disso para o nosso crescimento? Se avaliarmos bem essa é uma pergunta que realmente faz sentido, porque engloba a startup peer-to-peer: desde os custos para produção até o CAC (custo de aquisição de clientes). 

Ao contrário do que muitos pensam, muitas vezes não é necessário reinventar a roda (antes de sair por aí investindo loucamente em ADs leia até o fim este post). Para ter um growth hacking efetivo é necessário mudar primeiro o nosso mindset, pensar em novas maneiras para escalar a startup aproveitando os dados que provavelmente você já tem disponível sobre o comportamento do usuário (através do Google Analytics, por exemplo). Para aumentar as vendas só há duas maneiras: ou reduzir o preço ou aumentar o número de usuários – o que nos parece uma decisão mais acertada.

 

As 5 principais ferramentas utilizadas no Growth Hacking

 

Muitas são as técnicas para acelerar o crescimento da sua startup, mas selecionamos 5 ferramentas mais utilizadas e que poderão ajudá-lo a começar. Vamos nessa?

 

  • Aquisições Virais: Através do compartilhamento de conteúdo dos usuários existentes para os novos usuários, com crescimento exponencial. Como o compartilhamento é espontâneo o conteúdo deve ser altamente relevante e atrativo. Se liga nessa dica: caso você utilize o WordPress como plataforma para o seu site pode utilizar plugins como o Social Locker
  • Aquisições pagas: Com estratégias de SEM (Search Engine Marketing), Links patrocinados (Google Adwords, Facebook Ads), anúncios na TV, celulares, rádios, marketing de afiliados, remarketing ou retarketing, etc. você pode fazer aumentar suas métricas de conversão sejam elas associadas ao aumento do número de seguidores, de leads ou das vendas propriamente ditas.
  • Marketing de Conteúdo (Content Marketing): Através de posts em blogs, infográficos e vídeos virais, e-books, produtos digitais informativos, etc. que aumentem a visibilidade da sua startup ou produto/serviço e o tráfego para o seu site, nutrindo o funil de vendas, ou seja, convertendo um visitante (lead) em um prospect e finalmente em um consumidor. Caso você não seja um expert na área pode optar pelos serviços de outras startups como a Rock Content e Contentools.
  • E-mail Marketing: Estratégia de relacionamento muito utilizada para a conversão de novos consumidores Além disso, essa ferramenta pode ser utilizada também para motivar as pessoas a conhecer e a comprar mais do seu produto ou serviço. 
  • SEO (Search Engine Optimization): melhorar o ranquamento do seu site ou blog nos mecanismos de busca é uma das técnicas de growth hacking mais efetivas. É claro que somente isso não é suficiente, mas trabalhar com o SEO faz toda diferença e você notará quando passar a ser encontrado com mais facilidade, aumentando assim suas chances de conversão, afinal, na internet quem não é visto não pode ser lembrado mesmo…

 

Growth Hackers que você não pode deixar de conhecer e seguir

 

É sempre bom ter referências para se inspirar e por esse motivo selecionamos também alguns perfis de growth hackers que você não pode deixar de conhecer (e seguir):

 

Se você gostou do tema e quer saber mais sobre como acelerar o crescimento da sua startup, não deixe de acompanhar os próximos posts do Startup Sorocaba e a agenda de eventos do GBG Sorocaba com foco em growth hacking.


E você, o que pensa sobre o assunto? Gostou do artigo? Compartilhe conosco sua opinião. Não gostou? Acha que podemos melhorar? Então nos ajude a aprimorar nosso trabalho.

Siga o Startup Sorocaba no Facebook e cadastre-se para receber nossa newsletter e para ser informado sobre todas as novidades.

Compartilhe: