Startups não são como roupas de tamanho único!

 

E acredite, não mesmo! Mas infelizmente é bem comum vermos startups que querem empurrar suas soluções (ditas inovações) para o mercado, sem ao menos se preocupar com as necessidades daqueles que vão atender. O maior esforço é para que o produto “sirva” para aquele grupo de pessoas – e não como o desejado que é o de fazer uma “peça” sob medida, produzir conforme a demanda e essa prática tem levado muitas startups ao fracasso rapidamente.

 

A roupa (produto) na medida certa

 

Startup Sorocaba:

Startup Sorocaba:

 

Ao desenvolver um novo produto ou serviço sua startup deve antes de tudo buscar informações sobre o mercado e as pessoas que deseja atender. Antes de criar uma solução é preciso saber se existe um problema, e é aí que a maioria das startups falha.  Sem essa informação, muitas vezes os empreendedores criam os famosos produtos “tamanho único” e esperam que a solução sirva para todos os mercado e para todos os tipos de pessoas (e será que existe mesmo algum produto capaz de ser unânime neste sentido? Eu sinceramente desconheço…).

Ao produzir o produto único, além de não contar com nenhum diferencial competitivo a startup certamente estará dando um tiro no próprio pé, visto que as pessoas buscam por soluções que atendam sua dor, que corresponda a sua necessidade e não algo genérico, padrão.

 

Como criar o produto ideal para seu mercado?

 

Startup Sorocaba:

Startup Sorocaba: como criar o produto ideal para seu mercado?

 

Portanto, a questão central aqui é compreender as necessidades do seu público-alvo. Então o segredo é… OUVIR OS CLIENTES. Pois é… somente ouvindo os clientes é que sua startup será capaz de criar a solução mais próxima daquilo que ele necessita ou deseja. Novidades até aqui? Nenhuma, mas por incrível que pareça muitas empresas ainda desprezam a opinião dos clientes, não validam o problema (e muito menos a solução), não dão voz para aqueles que de fato poderão contribuir para a melhoria do produto e crescimento da empresa.

É por isso que, embora óbvio, se fala tanto em cumprir a promessa do foco no cliente, de inovações centradas no usuário. Ainda não entendeu o que queremos dizer? Então imagine um alfaiate, que faz peças sob medida. O resultado deste processo em termos de produto é bem diferente do “tamanho único”, concorda? É isso! 

Assim, é preciso ter cuidado para não cair no erro de querer ser tudo para todos e acabar não sendo nada para ninguém. Os consumidores estão cada vez mais ávidos por novidades, por produtos que sejam desenvolvidos e pensados para eles – nem que para isso tenham que desembolsar mais.

Então separe a fita métrica, tesoura, linhas e agulhas e mãos à obra!

Ah, e aproveite para ler também nosso último post sobre o Job to Be Done e também o post que fala sobre o produto perfeito.


E você, o que pensa sobre o assunto? Gostou do artigo? Compartilhe conosco sua opinião. Não gostou? Acha que podemos melhorar? Então nos ajude a aprimorar nosso trabalho.

Siga o Startup Sorocaba no Facebook e cadastre-se para receber nossa newsletter e para ser informado sobre todas as novidades.

Compartilhe:

Bacharel em Administração com ênfase em Marketing, especialista em Marketing (MBA em Vendas & Trade Marketing) com larga experiência, atuando no desenvolvimento de marcas, produtos e serviços, gerenciamento de projetos offline e projetos digitais. Presta consultoria na área de marketing, marketing digital e inovação, lecionando como professora convidada em cursos de graduação e MBA. Atuou como BizDev e Curadora de Projetos na Associação Brasileira de Startups (ABStartups) participando diretamente das edições do programa de acesso ao mercado Pitch Corporate (nas verticais Exportação, Educação, in-company), Pitch Gov SP, primeiro programa da América Latina em parceria com o Governo do Estado de São Paulo e da Conferência Anual de Startups e Empreendedorismo (CASE), maior evento da América Latina neste segmento. Atualmente é Sub - Coordenadora do Comitê de Comunidades também na Associação Brasileira de Startups (ABStartups). Sócia da 4 Legacy Ventures, fundadora do Startup Sorocaba e empreendedora digital, já criou inúmeros projetos digitais e contribuiu para o desenvolvimento de outros, tendo sido também parte da equipe de algumas startups. É uma das organizadoras do Google Business Group Sorocaba, atuando diretamente como manager do Google Business Group Women, além de embaixadora de alguns projetos nacionais e internacionais na área de empreendedorismo e tecnologia (como o Technovation Challenge). Já desenvolveu atividades na Campus Party 2015, ministrou palestras e cursos sobre empreendedorismo, empreendedorismo digital e startups. Foi curadora da arena “Tech4Teens” na Virada Empreendedora 2016, mentora convidada do Comitê Acelera da FIESP, Inovativa e de programas voltados para startups onde também já integrou bancas de jurados, avaliando projetos inovadores. É Community Manager da Techstars (uma das maiores aceleradoras do mundo) e Membro do Comitê da Rede Global de Empreendedorismo, atuando como uma das líderes locais em Sorocaba. Autora de dois livros pela Câmara Brasileira do Jovem Escritor, poetisa e aventureira nas horas vagas.