Você realmente está disposto a empreender?

Esse foi um dos questionamentos que ouvi certa vez um grande empreendedor fazer a um de seus aprendizes. Pensando na resposta, me deparei com vários outros questionamentos que talvez também possam ser inquietações comuns.

Empreender não é exatamente como demonstrado naqueles filmes da Disney e nem tão pouco tão romântico quanto uma canção de Roberto Carlos. Sim. E aquela pergunta me fez realmente pensar nos reais motivos ou porquês: o que realmente faz uma pessoa empreender? O que leva uma pessoa de um cargo estável, a largar tudo e ir em busca de um futuro duvidoso?

 

empreendedorismo-assumir-riscos

Você está disposto a empreender?

 

Então, será que você está realmente disposto a empreender?

 

Primeiro é importante saber que DISPOSIÇÃO é diferente de PREPARO. Você pode ser a pessoa mais preparada do mundo, mas se não estiver disposto de nada adiantará! Saber NÃO é fazer e não conheço uma pessoa sequer que tenha obtido êxito apenas com o seu conhecimento, ou seja, sem efetivamente ter colocado a mão na massa.

Por outro lado, apenas boa vontade não é suficiente. É preciso também dedicar tempo para empreender de maneira a minimizar os riscos, ou seja, estudar, observar, fazer e aprender. Mas lembre-se: escolhas assertivas são resultados de inúmeras tentativas, portanto, não espere acertar na primeira vez!

Dessa forma se você, além de disposto se sente preparado para uma vida cheia de aprendizados, certamente está PRONTO para empreender!

 

Mas por que empreender?

 

Agora que você já fez sua opção e provavelmente já tenha descoberto suas próprias razões, compartilhamos uma coletânea de motivações que também fizeram com que muitas pessoas decidissem empreender:

 

  1. A experiência leva ao aprendizado: por mais que insistam em dizer que a teoria ensina, você realmente só vai aprender na prática. É na execução que algumas teorias se confirmam e outras se invalidam completamente.
  2. Assumir riscos nos torna mais capazes: chega um certo estágio na vida em que assumir novos desafios é uma maneira de se “sentir vivo”. E o melhor mesmo é quando você pode fazer essas opções para provar para si próprio do que é capaz – e não meramente por uma exigência de outras pessoas ou pressão do próprio ambiente.
  3. Errar faz parte: quando você compreende que o erro é uma forma de aprendizado e que, justamente por esse motivo, errar também é importante, então pode dizer que está preparado para empreender. O erro é o ponto de partida para a evolução. Transforme seu medo em oportunidade para vencer. Lembre-se: o medo também nos move!
  4. Sonhar é de graça: mas ainda melhor que sonhar é realizar e a execução tem sim o seu preço (e quem disser que não estará mentindo!). O sucesso é resultado de muito trabalho e de inúmeros aprendizados. É uma verdadeira jornada do autoconhecimento que, uma vez iniciada é difícil parar (e quando você se ver muito mais motivado a executar do que teoricamente sonhar, entenderá do que estamos falando).
  5. O segredo do sucesso está na flexibilidade: mudar tantas vezes forem preciso, desde que para melhor. Saber quando insistir e quando desistir. Descobrir os próprios limites e muitas vezes, até mesmo superá-los. Empreender nos dá a chance de descobrir o próprio caminho.
  6. Existe um mundo além do seu! Empreender  nos permite abrir a mente para fatos que antes, por mais que soubéssemos que existiam, disfarçávamos muito bem e nos dá diretamente a co-responsabilidade de fazer as coisas acontecerem, quanto mais pessoas as pessoas creem em nossos projetos.
  7. Mesmo cansado é possível seguir:  quando você pensar que seu fôlego já não é mais suficiente, terá novamente uma sobrevida que será capaz de levá-lo a caminhos ainda mais longes.
  8. Cada escolha, uma renúncia: como aliás, em tudo na vida né! Você já ouviu dizer que Deus ajuda a quem cedo madruga? Portanto, não espere respostas fáceis e nem caminhos curtos. Tampouco conte com a sorte ou com amuletos mágicos. Acredite: quanto mais você trabalhar, mais sorte terá!
  9. Escolha um trabalho que você ame e não terás que trabalhar um único dia em sua vida: é como já dizia Confúcio. Transforme sua paixão em negócio ou aprenda a gostar do que faz e verá que dormir tarde e acordar cedo, no fim das contas pode ser muito prazeroso e você verá em breve que os benefícios serão proporcionais ao seu esforço.
  10. A vida é muito curta para… não empreender! Se a sua desculpa para não empreender é dinheiro, você estará mentindo para si mesmo, afinal é possível empreender em qualquer local onde você esteja: empresa, comunidade, no seu próprio negócio. Se tiver que se privar de algo, que seja da acomodação!

 

Assim como em qualquer outra forma alternativa para a busca de realização pessoal e profissional, empreender tem lá seus momentos de glórias e de agruras, picos de motivação e de reflexões, mas tenha certeza: uma vez empreendedor, sempre empreendedor!

 

Lembre-se: empreender não é ter a certeza do caminho,

mas sim construí-lo a cada novo passo!  

 

Agora é com você! Vamos juntos?

 


E você, o que pensa sobre o assunto? Gostou do artigo? Compartilhe conosco sua opinião. Não gostou? Acha que podemos melhorar? Então nos ajude a aprimorar nosso trabalho.

Siga o Startup Sorocaba no Facebook e cadastre-se para receber nossa newsletter e para ser informado sobre todas as novidades.
Compartilhe:

Bacharel em Administração com ênfase em Marketing, especialista em Marketing (MBA em Vendas & Trade Marketing) com larga experiência, atuando no desenvolvimento de marcas, produtos e serviços, gerenciamento de projetos offline e projetos digitais. Presta consultoria na área de marketing, marketing digital e inovação, lecionando como professora convidada em cursos de graduação e MBA. Atuou como BizDev e Curadora de Projetos na Associação Brasileira de Startups (ABStartups) participando diretamente das edições do programa de acesso ao mercado Pitch Corporate (nas verticais Exportação, Educação, in-company), Pitch Gov SP, primeiro programa da América Latina em parceria com o Governo do Estado de São Paulo e da Conferência Anual de Startups e Empreendedorismo (CASE), maior evento da América Latina neste segmento. Atualmente é Sub - Coordenadora do Comitê de Comunidades também na Associação Brasileira de Startups (ABStartups). Sócia da 4 Legacy Ventures, fundadora do Startup Sorocaba e empreendedora digital, já criou inúmeros projetos digitais e contribuiu para o desenvolvimento de outros, tendo sido também parte da equipe de algumas startups. É uma das organizadoras do Google Business Group Sorocaba, atuando diretamente como manager do Google Business Group Women, além de embaixadora de alguns projetos nacionais e internacionais na área de empreendedorismo e tecnologia (como o Technovation Challenge). Já desenvolveu atividades na Campus Party 2015, ministrou palestras e cursos sobre empreendedorismo, empreendedorismo digital e startups. Foi curadora da arena “Tech4Teens” na Virada Empreendedora 2016, mentora convidada do Comitê Acelera da FIESP, Inovativa e de programas voltados para startups onde também já integrou bancas de jurados, avaliando projetos inovadores. É Community Manager da Techstars (uma das maiores aceleradoras do mundo) e Membro do Comitê da Rede Global de Empreendedorismo, atuando como uma das líderes locais em Sorocaba. Autora de dois livros pela Câmara Brasileira do Jovem Escritor, poetisa e aventureira nas horas vagas.