Emprender a internet e mesmo ter uma startup de base tecnológica ainda é um assunto relacionado a muitos mitos, e a “hyperização” do empreendedorismo.

Há quem diga que não vale a pena, enquanto do outro lado existem os que souberam se beneficiar das vantagens do uso da tecnologia. Mas, o que é mito e o que é verdade quando falamos de ter a internet como fonte de rendimento?

 

 

O maior mito sobre empreender na internet

 

Um erro comum ao investir na internet é acreditar que os resultados serão imediatos, instantâneos, feito mágica. Tanto no ambiente off quanto no online todos os novos negócios têm um tempo para maturar, ou seja, por melhor que seja a sua ideia, produto ou serviço dificilmente você acordará rico no dia seguinte – e esse é, sem dúvida alguma, um dos principais mitos que devem ser derrubados quando falamos em trabalhar com a internet.

Portanto, se você pretende despedir o seu chefe e ter a internet como sua principal fonte de renda, até pode fazer isso, mas não agora, (principalmente se você estiver iniciando)… Ah, e por favor, não se iluda e desconfie do que é muito fácil! É preciso construir um negócio digital que seja sustentável ao longo do tempo – e que, portanto, resista a tudo o que pareça fácil e absurdamente rentável, vencendo assim todos os mitos possíveis e imagináveis que o cercarão.

Lembre-se: muitas vezes é preciso saber “perder” no curto prazo para vencer no longo prazo. Se você analisar as grandes empresas de sucesso tanto no ambiente online quanto no offline, logo perceberá que é justamente isso o que elas fizeram. Acredite: o caminho mais curto nem sempre é o mais vantajoso!

Assim, veja a seguir os principais mitos e as verdades que envolvem todo negócio digital.

 

10 mitos e verdades sobre empreender na internet

 

Mitos

 

  1. É possível enriquecer facilmente, do dia pra noite, sem qualquer esforço. Mito! (E eu diria mitaço)
  2. Toda ideia dará certo e será um sucesso, fazendo com que você se torne um milionário. Mito! Antes disso você terá que ralar, ralar, ralar e ralar muito. 
  3. Não é necessário investimento algum ou é preciso investir muito. Mito! Existe aí um meio termo que pode contribuir para que você comece sem gastar muito.
  4. É só criar um blog para ganhar muito dinheiro. Mito! Se fosse assim estaria fácil…
  5. Oferecer qualquer coisa e enganar as pessoas é a melhor fonte de renda. Mito! Você pode enganar algumas pessoas por algum tempo, mas não todas as pessoas durante todo o tempo e quando elas descobrirem que estão sendo passadas para trás… é melhor não correr esse risco.
  6. Fazer SPAM venderá como água… Mito! A única coisa que SPAM gera é irritação.
  7. Fazer black hat é a melhor forma de posicionar o seu site nos primeiros resultados dos mecanismos de buscas. Mito! O Google e todos os outros mecanismos de buscas não são bobos!
  8. Trabalhar com infoprodutos é a melhor solução para ganhar dinheiro rápido. Mito! Hoje em dia vemos por aí milhares de pessoas promovendo os mesmos infoprodutos da mesma forma… tem alguma coisa errada não? Abaixo a massificação!
  9. Só é possível ter audiência através de links patrocinados e anúncios nas redes sociais. Mito! Tráfego orgânico funciona muito bem obrigada (e nós do Startup Sorocaba somos prova disso).
  10. Trabalhar em casa é mais vantajoso do que ser empregado. Mito! Não vamos generalizar… tudo tem o seu preço e você precisa saber até que ponto estaria disposto a perder.

 

Verdades

 

  1. Trabalhar com a internet é lucrativo (desde que você saiba como). Verdade! Sempre existe um Oceano Azul escondido por aí…
  2. A melhor forma de vender é ajudando as pessoas a resolver seus problemas. Verdade! Quando você está realmente disposto a ajudar não precisa vender nada: as pessoas compram.
  3. Você deve trabalhar duro e ter muita disciplina. Sucesso antes de trabalho, só no dicionário. Verdade! Sem fórmulas mágicas. O maior segredo é e sempre será um trabalho bem feito.
  4. É preciso ter foco. Sair atirando pra todo lado não levará a lugar algum. Verdade! Escolha um nicho, um canal e uma linguagem. Teste durante um tempo e veja os resultados. E se não der certo, não se preocupe: a internet ainda é o meio mais fácil para se recomeçar.
  5. É indispensável desenvolver conteúdo, produtos e serviços de qualidade. Verdade! Qualidade é o que vende. O resto é balela.
  6. Seu sucesso dependerá da construção de relacionamentos duradouros e de audiência qualificada. Verdade! Não tenha clientes, tenha vendedores da sua marca.
  7. É preciso inovar sempre, para se adequar às necessidades e às expectativas dos novos consumidores. Verdade! Afinal, as pessoas já estão cansadas do mais do mesmo.
  8. Conhecimento vende (desde que as pessoas vejam nisso algum valor). Verdade! Gere valor que o resto vem!
  9. Fazer parcerias fará seu negócio alavancar (desde que seja com as pessoas certas). Verdade! Ter parceiros estratégicos é sempre uma mão na roda, principalmente se você está começando e em um mercado altamente competitivo.
  10. Automatizar o processo fará você sair a frente a concorrência. Verdade! Faça com que o dinheiro trabalhe para você e não o contrário!

 

Se você analisar bem os vinte mitos e verdades sobre trabalhar na internet, você certamente irá concluir que empreender não é para qualquer um – e nós diremos que concordamos em parte com essa afirmação. Por quê?

Porque se você acreditar nesses mitos e se deixar levar pelos apelos baratos dos novos negócios que trazem lucro fácil ou das falsas promessas para se tornar um milionário sem ter que trabalhar um dia sequer, seremos obrigados a dizer que, neste caso, o empreendedorismo digital não é pra você – e essa certeza se confirmará quando o mercado e os próprios consumidores souberem dos “atalhos” que você escolheu.

Lembre-se: empreender nem sempre será sinônimo de sucesso como já dissemos, mas acredite, o verdadeiro sucesso é aquele construído dia a dia, aprendizado pós aprendizado.

Vambora?


E você, o que pensa sobre o assunto? Gostou do artigo? Compartilhe conosco sua opinião. Não gostou? Acha que podemos melhorar? Então nos ajude a aprimorar nosso trabalho.

Siga o Startup Sorocaba no Facebook e cadastre-se para receber nossa newsletter e para ser informado sobre todas as novidades.

Compartilhe:

Bacharel em Administração com ênfase em Marketing, especialista em Marketing (MBA em Vendas & Trade Marketing) com larga experiência, atuando no desenvolvimento de marcas, produtos e serviços, gerenciamento de projetos offline e projetos digitais. Presta consultoria na área de marketing, marketing digital e inovação, lecionando como professora convidada em cursos de graduação e MBA. Atuou como BizDev e Curadora de Projetos na Associação Brasileira de Startups (ABStartups) participando diretamente das edições do programa de acesso ao mercado Pitch Corporate (nas verticais Exportação, Educação, in-company), Pitch Gov SP, primeiro programa da América Latina em parceria com o Governo do Estado de São Paulo e da Conferência Anual de Startups e Empreendedorismo (CASE), maior evento da América Latina neste segmento. Atualmente é Sub - Coordenadora do Comitê de Comunidades também na Associação Brasileira de Startups (ABStartups). Sócia da 4 Legacy Ventures, fundadora do Startup Sorocaba e empreendedora digital, já criou inúmeros projetos digitais e contribuiu para o desenvolvimento de outros, tendo sido também parte da equipe de algumas startups. É uma das organizadoras do Google Business Group Sorocaba, atuando diretamente como manager do Google Business Group Women, além de embaixadora de alguns projetos nacionais e internacionais na área de empreendedorismo e tecnologia (como o Technovation Challenge). Já desenvolveu atividades na Campus Party 2015, ministrou palestras e cursos sobre empreendedorismo, empreendedorismo digital e startups. Foi curadora da arena “Tech4Teens” na Virada Empreendedora 2016, mentora convidada do Comitê Acelera da FIESP, Inovativa e de programas voltados para startups onde também já integrou bancas de jurados, avaliando projetos inovadores. É Community Manager da Techstars (uma das maiores aceleradoras do mundo) e Membro do Comitê da Rede Global de Empreendedorismo, atuando como uma das líderes locais em Sorocaba. Autora de dois livros pela Câmara Brasileira do Jovem Escritor, poetisa e aventureira nas horas vagas.