Desde há algum tempo o modelo canvas, criado por Osterwalder, tem sido uma das principais ferramentas que auxiliam os empreendedoras no momento de criação de seus negócios. 

Portanto, entenda de uma vez por todas o que é Business Model Canvas e porque você deve adotá-lo em seu modelo de negócios e em sua startup.

 

Canvas, você sabe o que é?

 

Em nosso Dicionário de Startups consta a seguinte definição para Business Model Canvas e Business Model Generation:

 

  • Business Model Generation (BMG) “Consiste na geração de modelos visuais que exemplifiquem planos de negócios. De maneira estruturada. Ilustram pontos-chave da administração do negócio e de seu Business Plan. O padrão mais utilizado de Business Model é o Canvas”.
  • Business Model Canvas (BMC)Modelo gráfico padrão, utilizado para gerenciamento estratégico, esboçando, em quadrantes ilustrativos, pontos-chave do modelo de negócios da startup, como infraestrutura (principais atividades, recursos e redes de parceiros), oferta (proposição de valor geral), clientes (segmentos, canais e relacionamento) e finanças (estrutura de custos e fluxo de caixa). É uma ferramenta que permite descrever, visualizar, avaliar e alterar o modelo de negócios.  Business Model Canvas foi inicialmente proposto por Alexander Osterwalder baseado no seu trabalho anterior sobre Business Model Ontology”.

 

Business Model Canvas

Startup Sorocaba: Business Model Canvas o que é?

 

Você pode baixar o modelo do Canvas para ipad aqui ou para impressão aqui. Se quiser preenchê-lo online também indicamos esta ferramenta.

Em resumo, você deve utilizar o canvas por dois motivos: 

  1. Organizar suas ideias;
  2. Definir de forma clara o seu modelo de negócios.

 

Os quadrantes do Canvas

 

Steve Blank diz que um modelo de negócio descreve como sua companhia cria, entrega e captura valor.

Também por este motivo, o Canvas é dividido em nove quadrantes que irão definir resumidamente o seu modelo de negócios. Cada bloco do canvas tem a hipótese do momento e seu “dual”, um par formado por atividade e critério de validação. 

  1. Proposta de Valor/Value Proposition: Como a sua empresa se ​​diferenciará dos seus concorrentes. Razão pela qual os clientes comprarão da sua empresa e não de outra.
  2. Segmento de Clientes/Customer Segments: quais públicos você atenderá? Quais são as suas principais necessidades? 
  3. Canais/Channels: meio pelo qual sua empresa fornecerá os produtos e serviços aos clientes.
  4. Relacionamento com Clientes/Customer Relationship: Como sua empresa estabelecerá ligações entre si e os seus diferentes segmentos de clientes.
  5. Fontes de Receita/Revenue: como a sua empresa ganha dinheiro através de uma variedade de fluxos de receitas.
  6. Recursos-Chave/Key Resources: recursos que são necessários para criar valor para o cliente.
  7. Atividades-Chave/Key Activities: Que atividades-chave a proposta de valor exige? O que é essencial para que seu negócio funcione?
  8. Parceiros-Chave/Key Partners: Quais e como deverão ser estabelecidas as alianças de negócios que complementam os outros aspectos do seu modelo de negócio.
  9. Estrutura de Custo/Cost Structure: consequências monetárias dos meios utilizados no modelo de negócios.

 

Como preencher o seu Canvas

 

Ao preencher o canvas do seu negócio, é importante iniciá-lo sempre pelo lado direito que representa o valor que deve ser de fato gerado, ou como é explicado no livro, o lado direito do cérebro que representa a emoção

Preenchido o primeiro lado, agora você pode preencher o lado esquerdo do canvas, que é associado ao lado esquerdo do cérebro (o lado da lógica). No canvas o lado esquerdo está relacionado com a eficiência do modelo de negócios.

Startip Sorocaba: Saiba como preencher o seu Canvas e definir o seu modelo de negócios

Startup Sorocaba: Saiba como preencher o seu Canvas e definir o seu modelo de negócios

 

O Canvas de algumas empresas inovadoras

 

Confira o canvas e o modelo de negócios de algumas empresas que hoje são referências em seus segmentos:

 

Business-Model-Canvas-Nespresso

Business Model Canvas Nespresso

Business Model Canvas Skype

Business Model Canvas Skype

Veja também outros modelos disponíveis aqui.

 

10 motivos para utilizar o Canvas

 

Embora acredito que já tenhamos deixado claro as principais vantagens ao utilizar o canvas, enumeramos também 10 outros motivos:

 

  1. É indicado para qualquer tipo de empresa – especialmente para as startups;
  2. Permite ter uma visão geral do modelo de negócios;
  3. Permite relacionar as informações de uma forma sistêmica, integrada e rápida;
  4. Auxilia na discussão e integração das percepções sobre a maneira como a empresa deve atuar (em diferentes áreas críticas para o sucesso da empresa) e como elas interagem para compor o negócio como um todo.
  5. Ajuda a identificar e eliminar o que não é tão importante no primeiro momento;
  6. Permite um ciclo acelerado de validação de hipóteses;
  7. Simplifica todo o processo de revisão do modelo de negócios;
  8. Substitui ou pode complementar o plano de negócios;
  9. Pode ser preenchido para diversos segmentos de clientes;
  10. É uma importante ferramenta estratégica.

 

 Então, pronto para começar o seu canvas?

Para conhecer outros termos mais utilizados no universo do empreendedorismo consulte nosso Dicionários de Startups.  


E você, o que pensa sobre o assunto? Gostou do artigo? Compartilhe conosco sua opinião. Não gostou? Acha que podemos melhorar? Então nos ajude a aprimorar nosso trabalho.

Siga o Startup Sorocaba no Facebook e cadastre-se para receber nossa newsletter e para ser informado sobre todas as novidades.

Compartilhe:

Bacharel em Administração com ênfase em Marketing, especialista em Marketing (MBA em Vendas & Trade Marketing) com larga experiência, atuando no desenvolvimento de marcas, produtos e serviços, gerenciamento de projetos offline e projetos digitais. Presta consultoria na área de marketing, marketing digital e inovação, lecionando como professora convidada em cursos de graduação e MBA. Atuou como BizDev e Curadora de Projetos na Associação Brasileira de Startups (ABStartups) participando diretamente das edições do programa de acesso ao mercado Pitch Corporate (nas verticais Exportação, Educação, in-company), Pitch Gov SP, primeiro programa da América Latina em parceria com o Governo do Estado de São Paulo e da Conferência Anual de Startups e Empreendedorismo (CASE), maior evento da América Latina neste segmento. Atualmente é Sub - Coordenadora do Comitê de Comunidades também na Associação Brasileira de Startups (ABStartups). Sócia da 4 Legacy Ventures, fundadora do Startup Sorocaba e empreendedora digital, já criou inúmeros projetos digitais e contribuiu para o desenvolvimento de outros, tendo sido também parte da equipe de algumas startups. É uma das organizadoras do Google Business Group Sorocaba, atuando diretamente como manager do Google Business Group Women, além de embaixadora de alguns projetos nacionais e internacionais na área de empreendedorismo e tecnologia (como o Technovation Challenge). Já desenvolveu atividades na Campus Party 2015, ministrou palestras e cursos sobre empreendedorismo, empreendedorismo digital e startups. Foi curadora da arena “Tech4Teens” na Virada Empreendedora 2016, mentora convidada do Comitê Acelera da FIESP, Inovativa e de programas voltados para startups onde também já integrou bancas de jurados, avaliando projetos inovadores. É Community Manager da Techstars (uma das maiores aceleradoras do mundo) e Membro do Comitê da Rede Global de Empreendedorismo, atuando como uma das líderes locais em Sorocaba. Autora de dois livros pela Câmara Brasileira do Jovem Escritor, poetisa e aventureira nas horas vagas.